EM HARMONIA COM BALANÇA

Signo solar dos nascidos aproximadamente entre 24 de Setembro e e 23 de Outubro (a verificação da hora de nascimento é de enorme importância para percebermos em que grau se encontra o Sol), modo CARDINAL, elemento AR, regido por VÉNUS, sétimo signo do zodíaco.

Quais os principais desafios e características de pessoas com energia de Balança, signo do equinócio do Outono, no seu mapa?

images.jpg

Várias são as figuras mitológicas cujo símbolo era uma balança ou que seguravam uma balança, entre elas estão Témis, Astreia ou Dice da mitologia grega. Na verdade, o significado que podemos assumir para esta energia está mais associada à sua intrínseca necessidade de procurar um equilíbrio entre si mesma e os outros. Balança procura uma identificação com o outro e ser uma ponte entre os que a rodeiam, não se sentindo confortável em ambientes rudes ou de conflito, que lhe podem provocar um enorme sofrimento interior. Há uma necessidade de procurar o equilíbrio entre duas forças opostas e integrá-las na sua vida e comportamento.

harmony.jpg

Essencial para Balança é procurar sempre uma situação de vida harmoniosa e confortável e viver o melhor que a vida tem para lhe oferecer, seja através de elementos de decoração agradáveis na sua casa ou mesmo de uma dedicação à forma como se veste e apresenta socialmente. Muitas vezes isto não vem de forma fácil, mas é uma aprendizagem a ser feita e com a qual têm muito a ganhar os nativos deste signo ou as pessoas com planetas posicionados em Balança.

1167436-bigthumbnail.jpg

O que nos sugere a imagem de uma balança? O pesar os prós e os contras, o ouvir os dois lados de uma história e aprender a não saltar para uma decisão de forma precipitada. O que acontece algumas vezes é que existe uma hesitação em tomar uma decisão e ainda mais quando se lhe pede que tome um partido. A dica que deixo é que não se deixem absorver em demasia pelos outros e que escolham manter a sua própria individualidade e opiniões. 

b7d8401e67a5f41a824d8c1c0e62c85c--libra-astrology-galleries.jpg

O ideal para tirar o maior partido destas características, entre as quais estão também a simpatia e aptidão para cativar e comunicar, é escolherem conviver mais com amigos ou frequentarem eventos sociais e também na sua profissão procurarem sempre o contacto com os seus pares e explorarem todas as suas competências diplomáticas.

word-of-mouth-examples

O elemento Ar e o planeta regente deste signo,  Vénus, indicam-nos uma possibilidade maior de evolução espiritual usando a esfera social e o diálogo com os outros de forma subtil e refinada. Entrar o mais possível em harmonia com o ser, com a vida e com a sociedade. O sentido estético, o gosto por artes e por tudo o que é belo pode traduzir-se numa paixão que pode ir desde hobbies até uma verdadeira vocação para embelezar tudo o que a rodeia e que pode ser aplicada numa profissão associada a estas características.

Uma das lições que Balança nos ensina é que de facto é louvável fazermos algo para agradar ao outro ou para que os outros gostem de nós. O objectivo é atingir um equilíbrio nesta atitude e sabermos o limite que separa essa capacidade de rapport e empatia tão essenciais a todas as esferas da nossa vida e algum exagero que nos leva por vezes a querer agradar sem limites, esquecendo-nos de nós mesmas.

Mantras(*) sugeridos para o signo de Balança, a escrever e ler repetidamente sempre que possível:

“Eu sou mais feliz quando persisto numa atitude de harmonia e diálogo com os outros e quando me dedico a actividades artísticas ou estéticas.”

“Eu uno as pessoas e faço-as conectarem-se entre si. Eu trabalho as minhas qualidades dilomáticas e tomo boas decisões.”

Boa semana!

Joana Amoêdo Leite

Marca uma Consulta: https://joanaamoedoleite.com/marcar-uma-consulta/.

Testemunhos: https://joanaamoedoleite.com/testemunhos/.

 

BIBLIOGRAFIA:

BAILEY, Alice. The Labours of Hercules. London, Lucis Press Ltd, 1982.

CHEVALIER, Jean. GHEERBRANT, Alain. Dicionário dos Símbolos. Lisboa, Teorema, 1982.

GRIMAL, Pierre. Dicionário da Mitologia Grega e Romana. Difel, 1999 (1ªedição francesa de 1951).

RUDHYAR, Dane. A Astrologia e a Psique Moderna. São Paulo, Pensamento, 1976.

 

(*) um mantra é uma REPETIÇÃO que nos ajuda a mentalizarmo-nos de uma mensagem benéfica para nós e que procura ajudar-nos a dominar a nossa mente.

 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s