Carneiro, o iniciador

pele-hrana-janto.jpg

O Sol entra hoje em Carneiro e começa um novo ciclo natural de “elevação do Sol”(1), dando início à Primavera.

Carneiro, signo equinocial, cardinal, primeiro da triplicidade do Fogo e primeiro do zodíaco.

Signo solar dos nascidos aproximadamente entre 20 DE MARÇO E 19 DE ABRIL (a verificação da hora de nascimento é de enorme importância para percebermos exatamente em que grau se encontra o Sol), modo cardinal, elemento FOGO, regido pelo planeta Marte.

96274f212be8e7e1e1faf4621ca15676.jpg

Nota prévia para o leitor – este texto pretende ser uma informação sobre os pontos que caracterizam o signo de Carneiro e não substitui (de todo) uma consulta de Astrologia – todas as pessoas possuem o seu mapa natal baseado no dia, mês, ano, local e hora exata de nascimento e todo um contexto de vida; os signos solares e suas características não definem por si só quem somos.

Amante da verdade, ainda que muitas vezes, da “sua” verdade, Carneiro é a energia dos começos, da iniciativa, de tudo o que em nós é temerário.

Destemido e teimoso, persiste nas suas ideias até ao limite do improvável. A ingenuidade do seu coração faz dele um amigo e um amante de dedicação e lealdade quase ilimitadas.

collage

(personalidades com o Sol em Carneiro: Fergie, Dane Rudhyar – mentor da Astrologia Psicológica, Emma Watson e Robert Downey Jr.)

Nem sempre a forma como fala é a mais adaptada ao outro, podendo ser brusco, exclamativo e um ouvinte de arestas pouco limadas.

Mark Jones, no seu livro “The Soul Speaks”, relembra-nos que Carneiro é a energia que, entre outras coisas e a título de exemplo, nos traz a uma primeira consulta de Astrologia. Representa, deste modo, a coragem de dar um primeiro passo.

Quanto maior a sua auto-consciência, mais as suas iniciativas e capacidade de iniciar um caminho serão benéficas para a sua evolução espiritual, desde que saia da esfera física e tente perceber /conhecer mais da sua essência espiritual.

Há uma ligação, segundo a corrente teosófica, entre o poder físico e mental de Carneiro, que nos indica que toda a força tem a sua origem na mente. O que pode significar isto? Que Carneiro precisa de usar mais a cabeça para levar adiante o que for melhor para si, ser menos ingénuo, tendo alguma atenção relativamente a atitudes irracionais ou inflexíveis demais.

800px-Hermes_crioforo.jpg

(Hermes Crióforo*, cópia do original grego, século V, Museu Carracco, Roma)

Energia ardente, de emoções fortes, de generosidade, vitalidade e pureza, a simbologia do Carneiro está presente em várias correntes mitológicas como energia de génese/começo (tradição egípcia) e na figura de Hermes Crióforo* (tradição greco-romana).

images.png

O que podemos aprender com Carneiro?

O domínio da nossa energia física, o encontro com o nosso lado mais independente, a capacidade de ter a iniciativa para assumir um caminho ou erguer uma bandeira à frente de uma multidão, a força de não estar à espera dos outros para fazer o que quer que seja.

43e61357d6d10383a08bd61f4aa32c5d.jpg

Metaforicamente, Carneiro é o iniciador, o elemento que abre caminho para algo novo. E por aqui acreditamos que algo novo pode ser sempre melhor!

Que este Equinócio seja mesmo o iniciar de um ciclo novo, mais enérgico, optimista e sem medos. 

Boa semana,

Joana Amoêdo Leite

Testemunhos de clientes aqui.

Marcar uma consulta aqui.

*Crióforo significa, segundo alguns autores como Jean Chevalier e Alain Gheerbrant, “aquele que carrega o carneiro”; impossível não associarmos este símbolo ao do Cordeiro de Deus da tradição cristã, significador do sacrifício físico em nome da fé.

(1) CHEVALIER, Jean. GHEERBRANT, Alain. Dicionário dos Símbolos. Lisboa, Teorema, 1982, página 161

BIBLIOGRAFIA:

BAILEY, Alice. The Labours of Hercules. London, Lucis Press Ltd, 1982.

CHEVALIER, Jean. GHEERBRANT, Alain. Dicionário dos Símbolos. Lisboa, Teorema, 1982.

JONES, Mark. The Soul Speaks – The Therapeutic Potencial of Astrology, 2015, Raven Dreams Press.

LILLY, William. Astrologia Cristã. Biblioteca Sadalsuud, sem data.

RUDHYAR, Dane. A Astrologia e a Psique Moderna. São Paulo, Pensamento, 1976.

ZOHAR, Dana. MARSHALL, Ian. Inteligência Espiritual. Sinais de Fogo, Lisboa, 2004.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s